miércoles, 31 de mayo de 2017

ÚBEDA




Ao falar-vos de Baeza já vos mencionei Úbeda, que está a poucos quilómetros e que conjuntamente com esta cidade irmã são Património da Humanidade desde 2003. Cidades, por excelência, do Renascimento em Espanha.


Plaza de Andalucía



 Visitar esta cidade é perder-se no tempo, viajar a outras épocas. A importância do seu passado deixou um Património extraordinário para explorar.







 No Renascimento alcançou um esplendor tal que as suas ruas estão adornadas com belos palácios, conventos, muralhas e casas senhoriais.





O que aqui vos deixo não é mais do que uma pequena amostra desta joia do Renascimento Andaluz. Um destacado Património Cultural e Monumental.






Úbeda foi fundada pelos Árabes e conquistada pelo rei Fernando III em 1233.




Alguns nobres que se afincaram aqui contribuíram a que alcançasse tal magnitude. Um deles Francisco de los Cobos, secretário do Imperador Carlos I, quem se casou com a princesa Isabel, filha do nosso rei Manuel I. Muitas destas grandes obras, verdadeiras obras de arte, devem-se ao arquiteto Andrés de Vandelvira    








 A destacar: Plaza de Andalucía, Real Colegiata, Sacra Capilla del Salvador, Plaza Vázquez Mella, Basilica de Santa María de los Reales Alcazares, Palacio de las Cadenas, Palacio del Marqués de Mancera; entre muitas casas, igrejas e palacios.


Sacra Capilla del Salvador









28 comentarios:

João Menéres dijo...

Conheço uma e outra.
Andei por lá a fotografar.
Mas não vi tudo...

Um abraço grato.

Elvira Carvalho dijo...

Não me canso de admirar os monumentos que os antigos deixaram para nós. E às vezes pergunto-me o que deixamos nós para ser admirado daqui a alguns séculos. Decerto que muitos aterros sanitários, muito lixo e poluição, mas e que mais? Se é que a própria humanidade não se auto-destrói antes da chegada desses séculos.
Um abraço e bom fim-de-semana
Abraço também para a esposa e para os restantes amigos. Saudades vossas

Maria Rodrigues dijo...

Que lindo local.
Excelente reportagem.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Franziska dijo...

Un recorrido como todos los que haces y compartes con nosotros que resulta siempre ameno e instructivo y que, naturalmente, despierta el deseo de acudir a hacer esa misma visita en cuanto se presente la ocasión. Entretranto, disfrutamos de tus explicaciones y fotos, muchas gracias. Saludos muy cordiales y afectuosos. Franziska

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Não conhecia é uma terra muito bonita e bem cuidada.
Um abraço e bom Domingo.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

rendadebilros dijo...

Realmente, é fantástica cada reportagem que traz até nós. Em Espanha também há uma história monumental magnífica e, quer se queira ou não, é riquíssima e dela fizeram também parte os portugueses. Aquela história de "nem bom vento, nem casamento", só se justifica porque , em qualquer momento, se podia perder a independência, mas os reis portugueses até casaram bem as filhas, nomeadamente D. Isabel com Carlos I, porque não podia ter casado melhor e porque consta que foi uma bela história de amor! Abraço.

Tais Luso dijo...

Realmente o período Renascentista foi o mais belo... que igreja linda!!!
Adorei sua postagem!
Beijo, Joaquim. Uma feliz semana.

Duarte dijo...

João,
sei que es um grande viageiro e sempre com a câmara ao hombro, quase o mesmo que me passa a mim. Volta que vais gostar.
Quis comprar um livro teu, com boas fotos da nossa terra, mas estava esgotado. Se o voltas a imprimir avisa-me.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Elvira,
Na sexta-feira tivemos a clausura das Aulas no Mosteiro de San Miguel de los Reyes. Na próxima quinta faremos a nossa comida de despedida deste curso e ali estarás na nossa memoria.
Já começaram as matriculas para o curso 2017/18, como passa o tempo!
Aqui cuida-se muito o Patrimonio, mas seguimos considerando que não é suficiente.
Um abraço bem grande dos que tivemos o privilegio de estar contigo em Lisboa.
Abraços de vida, amiga.

Justine dijo...

Admiro muito a capacidade que Espanha tem de guardar, preservar e valorizar o seu património arquitectural!
Mais uma belíssima cidade a ser descoberta devagar, com o vagar com que se deve apreciar as coisas muito belas.
Obrigada, amigo! Um abraço

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras dijo...

Belíssima arquitetura,
Meu amigo Joaquim!
É uma honra pra mim
Inteirar-me da cultura

De um povo que transfigura
Toda a geografia assim
E deixa um legado afim
À arte e a cultura

Aos semelhantes futuros
A sua obra com apuros
De muito luxo e riqueza.

Eu agradeço a partilha
De tua postagem - filha
De tua alma, e à gentileza!...

Grande abraço. Laerte.

CÉU dijo...

Olá, Duarte!

Não conheço nem uma, nem outra, mas gostei de ver as fotografias, que aqui colocou e a explicação histórica sobre a cidade. O Renascimento foi uma época áurea.

Abrazos y dias felices.

Duarte dijo...

Maria Rodrigues,
há anos que não ia por ali. Notei tudo bastante mudado e bem restaurado, o que muito mr agradou.
Boa semana, querida amiga

Duarte dijo...

Franziska,
En la Provincia de Jaén son muchas las ciudades a destacar, pero las que he traído aquí por su arte y cultura.
Claro que si, te aconsejo que las visites, así como el Castillo de Santa Catalina de Jaén, donde se ubica el Parador.
Querida amiga, aquí te dejo un gran abrazo y buen fin de semana

Duarte dijo...

Francisco,
são terras da Andaluzia, plenas de encantos, tanto naturais como artísticos.
Um abraço e bom fim de semana.

Duarte dijo...

Rendadebilros,
Assim é, querida amiga.
Estando tão perto não pude deixar de ir até Granada y ali temos uma prova do muito que quis Carlos à filha de Dom Manuel, a Imperatriz Isabel.
Esse poema, do meu professor de língua portuguesa Pedro Homem de Melo, deve estar centrado naquilo que expões.
Ela soube estar à altura desse Carlos I de Espanha e V de Alemanha.
Um grande abraço

Mariazita dijo...

Bom dia Duarte, meu amigo
Uma coisa que admiro em Espanha é o cuidado com que tratam e conservam os seus monumentos.
Conheço bastantes cidades espanholas, e uma coisa que não dispensamos visitar (quando há, e há quase sempre...) é a "ciudad monumental".
Há poucos dias comentei com uma amiga que, de visita a Cáceres, pudemos admirar a ciudad monumental à noite. Sob as luzes dos holofotes é um espectáculo único. No dia seguinte, (dormimos lá) levantámo-nos bem cedo e fomos admirá-la banhada pelos primeiros raios de sol. Completamente diferente da noite anterior, ma igualmente magnífica.
As fotos que nos mostras são uma amostra do que estou falando.
Gostei imenso.

PS – Obrigada pela presença e palavras tão gentis na minha CASA

Bom Fim-de-semana
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Duarte dijo...

Tais,
todas as manifestações artistas e arquitectónicas tiveram momentos de esplendor e o renascimento, como o mesmo nome indica, fez renascer a arte e em muitos casos encobrir outras artes.
Beijinhos, amiga

Duarte dijo...

Zé,
como sempre digo aos meus alunos, as cidades são livros que se devem ler com os pés.
Andaluzia atrai em todos os sentidos e, parte dela, muito desconhecida.
Um prazer, querida amiga.
Abrazos de vida

Duarte dijo...

SILO,
Gentileza bem a mereces
Pois sempre apareces
Sempre com boa opinião
Provocarei otra ocasião...

Abraços de vida, poeta

Duarte dijo...

Céu,
fico feliz ao dar fé da causa efeito das minhas fotografias, são o que percebi e o que te quis transmitir.
Beijinhos, querida amiga.

Duarte dijo...

Mariazita,
isso está mesmo bem, quando faço fotografias sempre procuro o melhor enquadramento, melhora o entorno e dá qualidade à foto.
Ademais se isso te vincula com momento felizes, eu encantado da vida.
Que sejas muito feliz, sempre.
Abraços de vida, querida amiga

Francisco Manuel Carrajola Oliveira dijo...

Adorei fazer este passeio através das belas fotografias do meu amigo.
Um abraço e bom Domingo.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Manuel A Lopes dijo...

Mais uma proposta aliciante para a descoberta do património de Espanha. Parabéns Joaquim pelo teu trabalho e pela tua generosidade quando partilhas cultura. Continuas igual a ti mesmo. Um abraço

Duarte dijo...

Andarilhar,
obrigado, Francisco, uma vez mais, pela tua presença neste espaço.
Um grande abraço

Duarte dijo...

Manel,
como és amigo meu deixas que a palavra faça fundo... obrigado.
Toda Andaluzia está plena de encantos: espera-te.
Um grande abraço, amigo meu.

Duarte dijo...


De Diny.
eres uno de los mas grandes historiadores del patrimonio de España. Si fuera por mi te daría una medalla como divulgador del nuestro patrimonio.

Duarte dijo...

Diny,
sabes muy bien lo mucho que me gustan estas cosas y por ellas lucho, como tú.
Abrazos de vida